R E L A M P A

From MyUbuntu
Jump to: navigation, search



Abordagem prática ao diagnóstico e ao tratamento de queixas e transtornos do sono, permite avaliação e manuseio inteligentes desses transtornos e orienta a busca de informações sobre problemas clìnicos mais complexos. Há exercícios específicos que você pode oque fazer para parar de roncar para fortalecer os músculos da garganta.

Por isso, qualquer tratamento do ronco é mais eficiente se for acompanhado de perda de peso.

Uma garganta estreita, fenda palatina, hipertrofia de adenoides, e outros aspectos físicos que contribuem para ronco são muitas vezes hereditários.

Isso acontece porque álcool relaxa os músculos que mantém as vias respiratórias abertas Ingerir álcool antes de dormir também provoca um sono mais agitado e menos reparador , então é uma boa não tomar aquela dose noturna, mesmo que você não seja um roncador.

Um outro problema relevante, a apneia, está diretamente relacionada com ronco.

Mas se você ainda não se convenceu de que deve procurar ajuda para solucionar problema, eu vou te dar apenas mais um motivo: ronco e disfunção erétil às vezes estão relacionados.

Em crianças, ronco pode ser um sinal de problemas com as amígdalas e adenoides.

A boa notícia é exercitar, perder peso e tratar a obesidade pode ser tudo que é preciso para acabar com ronco, e isso também criará uma melhor saúde geral.

Ronco não é motivo de piada, e envolve mais do que apenas uma respiração barulhenta" enquanto se dorme.

Dormir de costas faz com que tecido de sua garganta relaxe, podendo e bloquear as vias respiratórias e levar você a roncar.

A rinite da gravidez pode fazer você produzir mais muco, que contribui para deixar seu nariz sempre entupido , e nariz entupido costuma ser sinônimo de ronco.



Ronco é devido à falta de circulação livre de ar pelo nariz e garganta durante sono.

Essa condição fisiológica favorecedora do ronco é agravada no obeso pelo acúmulo de gordura na região do pescoço, que dificulta ainda mais a passagem do ar. Já em pessoas idosas e também nas mulheres depois da menopausa, ronco é favorecido pela flacidez dos tecidos da faringe que, sob relaxamento da musculatura durante sono, vibra na passagem do ar.

É claro que uso do CPAP (aparelho para tratamento de apneia obstrutiva do sono) é atualmente mais indicado para esses casos.

Muitos fatores, tais como alterações na anatomia das vias aéreas e dos seios nasais, consumo de álcool ou tabaco, alergias, infecções respiratórias etc., podem levar uma pessoa a roncar.